Voluntários

Estamos muito felizes em receber pessoas na nossa terra e no nosso projecto e estamos à procura de voluntários que nos queiram ajudar a desenvolver o Projecto Floresta Desperta.
 
É claro para nós que a Humanidade (nós!) está numa encruzilhada e que precisamos de ajuda para transformar o nosso modo de vida, em todas as dimensões, para suprir os desafios do nosso tempo.
O Projecto Floresta Desperta é a expressão da nossa resposta à crise que estamos a enfrentar; é uma expressão da nossa paixão e da nossa devoção ao que nós amamos.
Entendemos que nós e o nosso projecto somos uma pequena parte de algo muito maior e encaramos o nosso trabalho num longo período de tempo que, de um modo muito real, se estende muito para além das nossas belas montanhas-quinta e florestas.
 
Para se voluntariar, é deveras importante que se sinta inspirado pela nossa visão e que encontre em si mesmo um espírito de activismo sagrado ou, o que no Oriente, se chama de Karma Yoga - que é a vontade de dar e contribuir para um propósito maior, que transcende a pequenez e a separação do nosso sentido de identidade. Há muitas coisas que poderá aprender aqui e, nesse sentido, irá receber muito. No entanto, este é apenas o lugar certo para si, se ressoar profundamente com a nossa visão e, fundamentalmente, sentir que se quer envolver e ajudar com o que nós queremos fazer.
Por favor, veja o website do Projecto Vida Desperta (ALP), que é a nossa rede mais alargada e o nosso lar espiritual e, se estiver interessado em se voluntariar connosco, por favor, leia especialmente a página sobre a Visão da ALP para perceber se ressoa com a base do nosso Projecto Floresta.
 
Pedimos a todos os voluntários que se juntem a nós numa meditação diária matinal, com duração de 1 hora, excepto aos domingos. Se não está interessado em meditação, provavelmente, este não é o lugar para si. Se nunca meditou antes, isso não é de todo um problema. Ficamos felizes em guiá-lo e iniciá-lo e esforçar-nos-emos sempre para esclarecer quaisquer dúvidas que possam surgir. Frequentemente, temos um dia de silêncio por semana e reuniões para falar sobre o que quer que surja durante a semana ou outras questões que alguém pretenda levantar.
 
Temos uma biblioteca incrível de livros de permacultura, sustentabilidade, trabalho em madeira e misticismo natural, para mencionar alguns. À noite, por vezes, vemos filmes e temos debates. Adoramos falar sobre o nosso trabalho e a nossa perspectiva e iremos sempre de encontro ao seu interesse. Há ainda o tempo fora do horário laboral, para simplesmente deixar-se ser. Vivemos numa região protegida deslumbrante, com cascatas, montanhas e caminhadas magníficas e somos uns apaixonados por dar às pessoas a oportunidade de passar tempo envolvidos na Natureza.
 
Num espírito de apoio ao Projecto Floresta, pedimos aos voluntários que contribuam com, um mínimo, de €10 diários e 6 horas de trabalho, 5 dias por semana. Se desejar trabalhar menos, pedimos um valor de €20 diários, 3 horas de trabalho, 5 dias por semana. A contribuição inclui a alimentação, o alojamento e o uso da biblioteca.
Se verdadeiramente sente que este é o lugar para si mas que pagar €10 diários é um impedimento para si, por favor, contacte-nos por forma a encontrarmos uma solução.


 

Internet

Temos acesso limitado à internet através de dongle (?). Os voluntários podem usá-la para confirmar voos ou enviar emails urgentes. Caso contrário, o acesso à internet é feito na aldeia, aos fins-de-semana e, para tal, irá precisar de computador próprio. Por favor, tenha em atenção que não temos impressora para bilhetes de autocarro ou cartões de embarque.

A aldeia, Pardieiros, é encantadora e tem um café, gerido pela comunidade local, com acesso à internet, a 30 minutos de distância, a pé. Há uma relíquia de floresta de vegetação primitiva, em área protegida, chamada de Mata da Margaraça, a 40 minutos a pé e a famosa cascata, Fraga da Pena, a 20 minutos a pé. A cidade mais próxima, Coja, fica a 20 minutos de distância, de carro e não há transportes públicos. Apesar de ser possível arranjar localmente uma boleia.

Temos dois cães maravilhosos, chamados Missi e Balu, que são muito amigáveis e adoram visitas.

Estamos interessados em experienciar uma Vida holística e consciente. Como tal, temos algumas regras que a apoiem durante a sua estadia:

- Drogas não

- Fumar não

- Bebidas alcoólicas não (à excepção, de um ocasional copo de vinho, afinal, estamos em Portugal!)

O trabalho

De momento, o nosso foco de trabalho está no nosso projecto eco-construção e há uma série de actividades inerentes ao processo, tais como, azulejaria, electricidade, rebocos, carpintaria, marcenaria e construção em palha. Há ainda lenha para preparar e a terra para trabalhar. Vivemos uma vida ao ar livre, por isso é melhor gostar de trabalho físico em qualquer tipo de clima e ser bastante robusto. Ainda assim, quando está a chover muito, procuramos trabalhos mais abrigados. Pedimos também que todos tenham uma participação activa nas actividades domésticas, tais como cozinhar e limpar. Pedimos que trabalhe 6 horas por dia, de Segunda a Sexta-feira, mais a participação nas actividades domésticas. Sábado e Domingo são dias de folga.

Nos próximos meses, enquanto nos esforçamos para acabar as instalações que precisamos para acolher os eventos deste ano, damos prioridade a quem tenha experiência em trabalhos práticos, tais como conhecimentos de marcenaria e os mencionados em epígrafe. Noutras alturas, o entusiasmo e a vontade de aprender é tão importante quanto a experiência.

Voluntários patrocinados e pagantes

Temos duas formas diferentes de voluntariado:

  1. Voluntários patrocinados. Isto exige um mês de empenho, 6 horas de trabalho por dia, 5 dias por semana e a custo zero. Estes lugares são limitados e são atribuídos por ordem de chegada.
  2. Voluntários pagantes. Este requer um compromisso de, no mínimo, uma semana, 3 horas de trabalho por dia, 5 dias por semana e um custo diário de €25,00.

Se está interessado em candidatar-se a qualquer uma destas opções, por favor, envie-me um e-mail, Laura em info@awakeningforestproject.org, a dizer algo sobre o porquê de se voluntariar connosco, o que é que o atrai na nossa visão e entrarei em contacto consigo.

Instalações

Até Junho, o alojamento é feito num espaço quente, dentro de casa. A partir de Junho, será em tenda, no nosso terreno. Precisará de trazer um saco-cama ou lençóis. De momento, temos uma casa-de-banho ao ar livre, com água quente (que é um banho no meio da floresta, tal como um spa rústico – perfeito para contemplar as estrelas) mas estamos a trabalhar na versão interior. Para os aventureiros, temos um belo riacho de montanhas que corre no nosso terreno e uma piscina de mergulhos privativa. Não temos café mas este banho matinal é bem mais revigorante!!

Temos também uma cozinha rudimentar ao ar livre com um fogão poupa-lenha e estamos a trabalhar na próxima versão melhorada com um forno poupa-lenha.

Fornecemos uma dieta vegetariana, simples e deliciosa, com muitas saladas, grãos e vegetais, acompanhado de ovos caseiros, leite de cabra e verduras silvestres. Fazemos 3 refeições diárias, em conjunto e, cada um por sua vez, prepara a refeição e limpa. Também partilhamos a limpeza das zonas comuns.

O que precisa trazer:

- Uma lanterna frontal – ABSOLUTAMENTE INDISPENSÁVEL – pois não temos sobresselentes e fica escuro por aqui!

- Casaco e calças impermeáveis, para trabalhar à chuva

- Roupa de trabalho que se possa estragar

- Chapéu – o sol é forte aqui

- Protector solar, se usar

- Sabonete e shampoo biológicos e biodegradáveis – podemos dar sabonete e ter algum shampoo para venda, caso não consigo comprar nenhum. Porém, todos deveriam usá-los de qualquer forma!!

- Roupa de cama – saco-cama, fronha e colchão, se estiver a acampar. Caso venha de avião e não consiga trazer algum destes artigos, por favor, avise-me com antecedência.

- Toalha

- Instrumento musical, se tiver algum!

Se está interessado em candidatar-se a algum tipo de voluntariado, por favor, envie-me um e-mail, Laura em info@awakeningforestproject.org, a dizer algo sobre o porquê de se voluntariar connosco, o que é que o atrai na nossa visão e entrarei em contacto consigo.

 

 

Eventos

Concerto, Conversa e Discussão - 1 e 2 de Agosto - Coja e Benfeita

Temos a honra de receber Tiokasin Ghosthorse, que viaja desde a sua reserva em Dakota do Sul até Portugal, para partilhar connosco oração, música e sabedoria intemporais.

Benfeita, 1º de Maio de 2017
Hoe houd ik van mijn lichaam en vind ik vrijheid in obsessies met eten. Donderdag 18 – zondag 21 mei 2017 Buinen, Netherlands

Heb jij een negatief beeld van jouw lichaam?

Quinta da Floresta, Benfeita 21 Outubro das 10h às 17h

Devido à grande procura, venho com grande satisfação anunciar uma nova oportunidade esta Primavera de iniciar a aprendizagem da arte e ciência do reconhecimento de plantas, no nosso bonito vale na Serra do Açor.

Quinta da Floresta, Benfeita 2018

Desde há milénios que as pessoas se retiram para locais selvagens para encontrar a paz interior e uma maior perspectiva da Vida. A Natureza, com a sua simplicidade e beleza, sustenta um profundo relaxamento do corpo, mente e alma.

ÚLTIMAS ENTRADAS NO BLOGUE

Sou apaixonado por construir com madeira em toros (troncos?). Conheço poucas coisas que façam sentido de tantas maneiras, quase todas de sentido prático e ecológico – o que no fundo é o mesmo – mas também financeiramente, esteticamente e em termos de resiliência e gestão da floresta.   

Ouvi dizer que, quando se está a criar, está-se mais próximo do Criador e, na minha experiência, isso é verdade.

Depois de um longo, quente e seco Verão, finalmente alguma, benvinda, chuva veio em Setembro. Estivémos fora durante as primeiras chuvas mas houve mais e depois de alguns dias de sol, fomos até uma floresta de bétulas e castanheiros mais adiante na montanha.