Flores após os Incêndios - semear para as abelhas

Muitas das plantas e árvores das quais as abelhas e outros insectos vivem arderam nos incêndios deste Outubro e não florescerão este ano e algumas nem no próximo ano. Apresento-vos as minhas sugestões sobre como ajudar os polinizadores durante estes tempos difíceis.

 
No passado, quando falei sobre o que a terra quer que cresça aqui na Serra do Açor em termos de sustentação da cultura humana, muitas vezes eu disse que estas montanhas e vales selvagens, íngremes e difíceis de cultivar querem produzir árvores, abelhas e animais de pastoreio. As árvores crescem naturalmente nestas encostas, muitas vezes inacessíveis, com pouca intervenção humana. As abelhas são sustentadas pelas grandes extensões de charnecas e por arbustos pioneiros e fixadores de nitrogénio, tais como o Urze (Calluna vulgaris, Erica arborea, Erica australis), a Carqueja (Genista tridentata), a Giesta (Cytisus striatus, C. scoparius, C. Multiflorus Spartium junceum), o Espinheito (Rubus fruticosus) e pequenas árvores como o Morangueiro ou o Medronheiro (Arbutus unedo) e, é claro o néctar mais rico de todos, o doce Castanheiro (Castanea sativa).
 
Numa maravilhosa expressão de abundância, estas e outras plantas florescem ao longo de todo o ano, com excepção feita a uma curta escassez no pico do Verão. Até as encostas e a altitude contribuem para esta sucessão, uma vez que a mesma espécie de planta nas encostas superiores floresce mais tarde do que aquelas nas encostas mais baixas, numa onda generosa de fluxo de néctar.
 
 
Contudo este ano, todos esses arbustos e muitas das árvores ficaram reduzidos a cinzas. Alguns, como o Espinheiro, já estão a brotar das suas raízes e todos os outros que mencionei farão o mesmo. Mas não florescerão este ano e, alguns, nem no próximo. As abelhas, as borboletas e outros polinizadores terão um ano difícil, ou mesmo dois.
 
A sementeira directa de plantas de néctar e pólen na maior área possível de solo é a melhor opção para garantir a forragem para as abelhas e outros insectos. Semear uma camada herbácea também tem a vantagem de fixar o tão precioso solo fértil superficial antes que seja levado pelas chuvas ou soprado pelo vento. Existem locais já cobertos por uma camada de brotos, muito bem-vinda. Mas existem muitas e muitas áreas por todas estas montanhas que estão completamente despidas, exceptuando árvores ardidas e estas áreas estão prontas para a sementeira.
 
 
E logo após consultar o meu bom amigo, mestre apicultor e extraordinário botânico, Harald Hafner, compilei uma lista das melhores e mais facilmente obtidas e cultivadas plantas para abelhas. São principalmente anuais ou bienais, embora algumas sejam boas para replantio. Alguns dos trevos são perenes. Há flores de jardim e vegetais nesta lista. Deixe tudo ir florir! E, no final, uma árvore. O Salgueiro é um favorito das abelhas e muito fácil de pegar a partir de estacas, meras hastes. Basta enfiá-las no chão, num local razoavelmente húmido e pegará.
 
Recomendo que obtenha a  maior e mais variada quantidade de sementes que puder arranjar. O custo será um factor limitativo. As Brassicáceas e outras culturas de cobertura agrícola tendem a ser mais baratas e mais amplamente disponíveis nas cooperativas agrícolas. As flores selvagens são mais caras. Existem misturas disponíveis para abelhas que podem ser boas mas verifique cuidadosamente o que está a comprar; poderá ser preferível fazer a sua própria mistura. Ou ainda, se tiver uma grande área para cobrir, poderá ser melhor comprar mais barato e semear mais. Eu estou a fazer as duas coisas.
 
 
Estou a semear nas encostas onde as agulhas dos pinheiro mortos caíram e criaram uma esteira que segura o solo e as sementes, para que não sejam levados pelas chuvas. Agora, também estou a experimentar sementeiras em algumas encostas despidas para ver o que acontece e, no final do ano, voltarei a semear outras encostas despidas. Se estiver em áreas mais planas, poderá semear em qualquer lugar. Listei algumas plantas, por ordem cronológica de sementeira. Os primeiros poderão ser semeados já e há outros para serem semeados após a última geada.
 
Esta não é de todo uma lista exaustiva. Ficarei muito feliz em ouvir as suas sugestões de mais plantas para semear ou de boas fontes de sementes. Por favor, responda nos comentários em baixo.
 
Se não está na zona afectada pelos incêndios e puder doar sementes ou dinheiro para comprar sementes, eu ficaria muito, muito agradecida. Poderá contactar-me pelo:
 

Para semear agora - Inverno

Brassicáceas - mais baratas e mais amplamente disponíveis, por exemplo,
 
Mostarda
Nabiça
Nabo
Rúcula
Colza/canola
Couve chinesa
 
Chicárias
Chicória  
Radicchio ou chicória-de-bruxelas
 
Favas
 
Tremoços
Tremoço
Tremoçilha
 
Papoilas - todos os tipos, adoram solos alterados
 

Para semear a partir de Março ou após as últimas geadas

Luzerna/alfalfa  Medicago sativa
 
Serradela-brava Ornithopus spp. bom para solos ácidos 
 
Borragem Borago officinalis adora solos alterados
 
Ervilhaca Vicia sativa - semente barata. Poderá misturar com aveia ou centeio
 
Trigo sarraceno - precisa de humidade
 
Trevos - todos, especialmente:
Brancos Trifolium repens
Vermelhos Trifolium pratense
Mellilotus officianalis
Subterrâneo Trifolium subterraneum
 
Phacelia spp.
Linda flor azul, muito, muito rica em néctar
 
Wild flowers
Echium spp.  Echium lusitanicum or Echium vulgare vipers bugloss
Calêndula - Calendula
Camomila - todas as espécies
Girassóis
Onobrychis spp. os sanfenos
 
Ervas de jardim
Semeie ou plante ervas ou arbustos favoráveis às abelhas, tantas quanto as que couberem no seu jardim. Por exemplo: 
Oregãos
Alecrim
Alfazema
 
Salgueiro
Todas as espécies são excelentes para as abelhas. Ponha as hastes cortadas na terra, nos locais mais húmidos
 
 
 
Por último, demore-se com a sementeira, é uma actividade sagrada. Tenha um momento para cumprimentar a terra e pedir permissão antes de espalhar as sementes. A terra responderá sempre, ainda que possa ter que ouvir com mais do que só os ouvidos. Tente não apressar este trabalho. Poderá desejar bem às sementes enquanto semeia. Eu canto às sementes enquanto semeio. Desfrute do seu tempo no jardim ou nas montanhas. Respire e agradeça por estar lá.
 
 
 
 
Article: 
Blog

Eventos

Concerto, Conversa e Discussão - 1 e 2 de Agosto - Coja e Benfeita

Temos a honra de receber Tiokasin Ghosthorse, que viaja desde a sua reserva em Dakota do Sul até Portugal, para partilhar connosco oração, música e sabedoria intemporais.

Benfeita, 1º de Maio de 2017
Hoe houd ik van mijn lichaam en vind ik vrijheid in obsessies met eten. Donderdag 18 – zondag 21 mei 2017 Buinen, Netherlands

Heb jij een negatief beeld van jouw lichaam?

Quinta da Floresta, Benfeita 21 Outubro das 10h às 17h

Devido à grande procura, venho com grande satisfação anunciar uma nova oportunidade esta Primavera de iniciar a aprendizagem da arte e ciência do reconhecimento de plantas, no nosso bonito vale na Serra do Açor.

Quinta da Floresta, Benfeita 2018

Desde há milénios que as pessoas se retiram para locais selvagens para encontrar a paz interior e uma maior perspectiva da Vida. A Natureza, com a sua simplicidade e beleza, sustenta um profundo relaxamento do corpo, mente e alma.

ÚLTIMAS ENTRADAS NO BLOGUE

Muitas das plantas e árvores das quais as abelhas e outros insectos vivem arderam nos incêndios deste Outubro e não florescerão este ano e algumas nem no próximo ano. Apresento-vos as minhas sugestões sobre como ajudar os polinizadores durante estes tempos difíceis.

Deus, como têm sido tempos desoladores. A chuva, que foi tão esperada durante o Verão, é agora abundante e está a arrastar o solo e as pedras das montanhas, levando-os consigo pelos terraços e para os rios.

Sou apaixonado por construir com madeira em toros (troncos?). Conheço poucas coisas que façam sentido de tantas maneiras, quase todas de sentido prático e ecológico – o que no fundo é o mesmo – mas também financeiramente, esteticamente e em termos de resiliência e gestão da floresta.   

Ouvi dizer que, quando se está a criar, está-se mais próximo do Criador e, na minha experiência, isso é verdade.